Siga estas etapas para baixar e implantar o dispositivo do Horizon Cloud Connector para um pod que resida no Google Cloud VMware Engine (GCVE).

Observação: Para obter informações detalhadas sobre como trabalhar com um ambiente do GCVE, consulte a documentação do Google Cloud em https://cloud.google.com/vmware-engine/docs.

Consulte a visão geral de alto nível das etapas necessárias para implantar o Horizon Cloud Connector no ambiente do GCVE do seu pod do Horizon:

  • Baixe o arquivo TAR do Horizon Cloud Connector.
  • Crie um bucket do Google Cloud Storage e carregue o TAR do dispositivo para esse bucket.
  • Crie uma imagem personalizada do arquivo TAR carregado.
  • Crie a instância de máquina virtual (VM) do Horizon Cloud Connector com base na imagem personalizada.

Pré-requisitos

Procedimento

  1. Baixe a imagem de disco do Horizon Cloud Connector versão 1.10 usando o link fornecido no e-mail de assinatura.
    A imagem de disco do Horizon Cloud Connector fica disponível como um arquivo TAR compactado em um pacote .GZ depois que você faz login em my.vmware.com usando suas credenciais da conta My VMware. Baixe o arquivo TAR para seu sistema local.
    Observação: Nesse momento, a versão 1.10 é a única versão do Horizon Cloud Connector que oferece suporte ao Horizon Cloud para implantação do dispositivo em um ambiente GCVE. Não há suporte para versões posteriores nem anteriores para implantações em um ambiente GCVE. Quando o Horizon Cloud for compatível com versões posteriores, essa versão será atualizada naquele momento.
    Antes de carregar o arquivo de imagem de disco para seu ambiente do GCVE, primeiro você deve criar um bucket do Google Cloud Storage.
  2. Crie um bucket do Google Cloud Storage no seu ambiente do GCVE. Para obter instruções detalhadas, consulte a documentação do Google Cloud.
  3. Carregue o arquivo TAR baixado para seu bucket do Google Cloud Storage. Você pode realizar essa etapa usando a interface gráfica do usuário (GUI) do Google Cloud ou a interface de linha de comando (CLI) do Google Cloud.
    • (GUI) Faça login na Google Cloud Platform para seu ambiente do GCVE. Acesse a página Cloud Storage, selecione o bucket que você criou anteriormente e carregue o arquivo TAR para esse bucket.
    • (CLI) Abra o console gsutil e execute o comando a seguir.
      gsutil cp <file-path-to-TAR-file> gs://<bucket-name>
  4. Crie uma imagem personalizada do arquivo TAR carregado.
    • (GUI) Na Google Cloud Platform, acesse a página Mecanismo de Processamento > Imagens. Selecione a opção para criar uma imagem. Na página de criação de imagem, especifique Cloud Storage como a origem e navegue até o arquivo TAR carregado no seu bucket. Especifique outras propriedades da imagem conforme apropriado e prossiga para criar a imagem.

      Verifique se a nova imagem é exibida na lista Images.

    • (CLI) No console gsutil, execute o comando de criação de imagem, semelhante ao exemplo a seguir.
      gcloud compute --project <project-name> images create <image-name> --description <image-description> --source-uri <TAR-file-uri>
      Observação: Você pode personalizar o comando com os parâmetros apropriados, conforme necessário. Para obter informações detalhadas, consulte a documentação de referência do Google Cloud SDK.
  5. Para oferecer suporte à criação e à configuração da instância de VM do Horizon Cloud Connector, prepare um script de inicialização semelhante ao exemplo a seguir.
    #! /bin/bash
    /usr/bin/python3 /opt/vmware/bin/configure-adapter.py --sshEnable
    sudo useradd ccadmin
    echo -e 'VMwareXXXXXXXXXXXX
    VMwareXXXXXXXX' | passwd ccadmin
    echo 'cs_ip cs_fqdn' >> /etc/hosts
    No exemplo, o script oferece suporte às seguintes configurações:
    • Ativação do acesso SSH ao dispositivo Horizon Cloud Connector
    • Criação de uma conta de usuário ccadmin no dispositivo
    • Resolução do nome do host do Servidor de Conexão para o endereço IP do Servidor de Conexão
  6. Crie a instância de VM do Horizon Cloud Connector com base na imagem personalizada. Configure um mínimo de n2-standard-8 para o tipo de máquina ou dimensionamento de VM.
    • (GUI) Na Google Cloud Platform, vá até a página Images, selecione a imagem personalizada que você criou anteriormente e selecione a opção para criar uma instância de VM. Especifique um mínimo de n2-standard-8 para o tipo de máquina ou dimensionamento de VM, designe a imagem personalizada como o disco de inicialização e adicione o script de inicialização que você preparou anteriormente. Especifique outras propriedades da VM conforme apropriado e prossiga para criar a instância da VM.

      Verifique se a VM do Horizon Cloud Connector aparece na lista de instâncias de VM.

    • (CLI) No console gsutil, execute o comando de criação de instância, semelhante ao exemplo a seguir.
      gcloud compute --project <project-name> instances create <instance-name> 
      --zone <zone> --machine-type <n2-standard-8-minimum> --network <network> 
      --subnet <subnet> --maintenance-policy <maintenance-policy> --scopes <scope> 
      --image <custom-TAR-image> --metadata startup-script=<startup-script>
      Observação: Você pode personalizar o comando com os parâmetros apropriados, conforme necessário. Para obter informações detalhadas, consulte a documentação de referência do Google Cloud SDK.
  7. Depois que a VM do Horizon Cloud Connector for iniciada, edite a configuração da instância da VM e remova o script de inicialização.
    Importante: Você deve remover o script de inicialização da instância para impedir que o script seja executado toda vez que o Horizon Cloud Connector é reinicializado.

O que Fazer Depois

Continue com o fluxo de trabalho de integração do pod seguindo as etapas em Verifique se o pod do Horizon e o dispositivo virtual estão prontos para serem emparelhados. Em seguida, prossiga para Concluir o emparelhamento do pod do Horizon com o Horizon Cloud usando o portal de configuração do Horizon Cloud Connector.