Na página Tipos e Tamanhos de VM (Configurações > Tipos e Tamanhos de VM), você pode gerenciar os tipos e os tamanhos das VMs que você deseja que estejam disponíveis para a criação de farms e de atribuições.

Para pods no Microsoft Azure, você pode selecionar as VMs que aparecem no menu suspenso Modelo nos assistentes de criação de atribuição de área de trabalho e de farm. Você também pode adicionar etiquetas personalizadas, que podem ser usadas para filtrar VMs no menu suspenso Modelo. Para obter detalhes sobre como filtrar essa lista, consulte um dos seguintes tópicos: Criar um farm, Criar uma atribuição de área de trabalho VDI flutuante provisionada por um único pod no Microsoft Azure ou Criar uma atribuição de área de trabalho VDI dedicada provisionada por um único pod no Microsoft Azure. A opção de filtro funciona de forma idêntica em todos os três casos, então as informações que descrevem a opção são as mesmas nesses três tópicos.

Importante: Para ambientes de produção, garanta que os modelos de VM usados para os farms e as atribuições de área de trabalho tenham no mínimo duas (2) CPUs. O teste de dimensionamento da VMware mostrou que usar duas CPUs ou mais evita problemas de conexão do usuário final inesperados. Mesmo que o sistema não impeça você de escolher um modelo de VM com uma única CPU, você deve usar tais modelos de VM para testes ou prova de conceitos somente.
A página Tipos e Tamanhos de VM ( Configurações > Tipos e Tamanhos de VM) exibe uma lista de todas as VMs disponíveis no Azure em todas as regiões, atualizada semanalmente para incluir novas VMs à medida que elas são adicionadas. Você pode usar o menu suspenso acima da lista de VMs para filtrar por região.
Observação: Enquanto o filtro estiver sendo aplicado, você poderá ver uma mensagem indicando que não há suporte para o Tipos e Tamanhos de VM para a região selecionada. Se a mensagem aparecer brevemente e desaparecer, você poderá ignorar a mensagem.
Você pode usar os botões Adicionar Etiqueta e Remover Etiqueta para gerenciar as etiquetas personalizadas para VMs. Consulte a descrição do campo Etiqueta na tabela a seguir para obter mais informações.

Há algumas VMs que a VMware removeu da lista porque elas não funcionam com o Horizon Cloud e podem ser algumas que a Microsoft não disponibilizou por outros motivos. Se houver uma VM do Azure que você deseja usar, mas não vir listada, entre em contato com seu representante da VMware.

As informações exibidas para cada VM são mostradas na tabela a seguir.

Campo Descrição
Visibilidade Indica se uma VM é exibida no menu suspenso Modelo nos assistentes de criação de atribuição de área de trabalho e de farm. Por padrão, essa opção vem selecionada para todas as VMs.
Nome da VM O nome da VM.
Etiqueta Há dois tipos de etiquetas que podem ser aplicadas às VMs.
  • Etiquetas do sistema — Estas etiquetas são embutidas em código e não são editáveis. Atualmente, a única etiqueta no nível do sistema é Recomendado pela VMware, que é aplicada às configurações de VM recomendadas pela VMware. Esses tamanhos de VM recomendados são aqueles que a VMware determinou otimizar a relação entre preço e desempenho para as cargas de trabalho VDI e o farm RDS do Horizon Cloud típicos. No entanto, as necessidades da sua empresa podem exigir tamanhos de VM que não estejam nessa lista de recomendações da VMware. Mesmo que um tamanho de VM não esteja na lista recomendada, certifique-se de selecionar um tamanho de VM que atenda aos seus requisitos e caso de uso.
  • Etiquetas personalizadas — Estas são as suas próprias etiquetas, que você cria e aplica às VMs. Você pode filtrar por essas tags ao selecionar um modelo nos assistentes de criação de atribuição de área de trabalho e de farm.
    Para adicionar etiquetas personalizadas às VMs:
    1. Marque as caixas de seleção das VMs.
    2. Clique em Adicionar Etiqueta.
    3. Insira etiquetas, separadas por vírgulas e clique em Adicionar.
    Para remover etiquetas personalizadas das VMs:
    1. Marque as caixas de seleção das VMs.
    2. Clique em Remover Etiqueta.
    3. Selecione as etiquetas a serem removidas e clique em Salvar.
vCPU Número de vCPUs na VM.
RAM Tamanho da RAM da VM.
Disco de Dados Número de discos de dados na VM.