Depois que a máquina virtual (VM) importada foi criada e você a emparelhou com o Horizon Cloud, mas antes de convertê-la em uma imagem publicada, personalize o sistema operacional (SO) Windows convidado da VM para instalar e configurar os componentes desejados e necessários na imagem. Depois que a VM passa por essa personalização, ela às vezes é chamada de golden image para indicar que a imagem está configurada com todos os itens que atendem às suas necessidades de negócios nas áreas de trabalho e nos aplicativos remotos dos usuários finais que usarão essa imagem como base.

Use os links listados mais adiante para ver as etapas de personalização adicional da VM. Para saber como ajustar mais detalhes da VM da imagem para oferecer uma configuração avançada e usar o VMware Blast Extreme, a recomendação é seguir as orientações em Cinco etapas principais para obter o desempenho ideal de experiência remota das suas golden images em farms e áreas de trabalho do Horizon Cloud. Leia também o Guia de Otimização do VMware Blast Extreme e faça mais ajustes nas opções de codec da imagem de acordo com as recomendações do guia referentes a essas opções.

Sobre os meios de evitar problemas com Sysprep se você não usou as opções a seguir no assistente de importação de VM ou se criou manualmente a VM da imagem de base

Se você criou a imagem de base com o assistente de Importação de Máquina Virtual e ativou as seguintes opções listadas nele, o sistema configurou a VM para evitar alguns problemas comuns que foram observados durante o processo de Preparação do Sistema (Sysprep) do Microsoft Windows, que é executado quando a VM importada é convertida em uma imagem selada.

Se você não tiver usado essas opções no assistente de importação de máquina virtual ou se tiver criado manualmente a VM importada, às vezes, os problemas foram observados durante o processo de selagem, especialmente aqueles relacionados ao processo de preparação do sistema (Sysprep) do Microsoft Windows. Além de seguir as etapas nos tópicos vinculados abaixo, você pode tentar seguir alguns dos métodos listados abaixo antes de converter a VM importada em uma imagem publicada e selada.

  • Defina manualmente os serviços e as chaves de registro da VM da imagem de base de acordo com as mesmas configurações usadas pelo sistema quando as opções Otimizar Imagem do Windows e Remover Aplicativos da Windows Store estão definidas como Sim. Use os links na lista anterior para ler sobre essas configurações.
  • Remova os pacotes do Microsoft Windows appx conforme descrito no Microsoft KB 2769827 e no artigo 615 do Microsoft MVP. No Windows 10, execute as etapas de remoção do pacote appx de todas as contas, removendo os mesmos aplicativos de cada conta. Não exclua contas ou perfis da imagem até que você tenha executado as etapas de remoção de appx para cada conta. Para obter detalhes sobre os comandos de remoção de pacote executados pelo processo de criação de imagem quando você usa a opção Remover Aplicativos da Windows Store do assistente Importar Máquina Virtual, consulte Como usar a opção Remover Aplicativos da Windows Store ao usar o assistente Importar Área de Trabalho.
  • Tente seguir o aviso descrito no Guia da VMware sobre ferramentas de otimização do sistema operacional Windows. Embora esse guia tenha sido redigido no contexto de outros produtos de área de trabalho virtual da VMware e faça menção de sistema operacional Windows em vez dos que são compatíveis com seu ambiente do Horizon Cloud, ele fornece detalhes sobre como usar a VMware OS Optimization Tool (OSOT) em uma VM.
    Importante: Apesar de ser amplamente usada, a Ferramenta de Otimização do SO (OS Optimization Tool, OSOT) da VMware é o que chamamos de fling da VMware e, portanto, seus processos de suporte são regidos pelos Termos de uso de flings da VMware. Os flings são oferecidos da maneira como se encontram e não são cobertos pelo processo de solicitação de suporte da VMware nem pelo Contrato de Serviço do VMware Horizon. Na data da elaboração deste documento, a maneira de obter ajuda com o uso da Ferramenta de Otimização do SO da VMware era por meio da área de comentários no site Flings da VMware.