A camada de controle de nuvem fornece dois métodos distintos de intermediação para entregar recursos remotos dos seus pods conectados à nuvem aos usuários finais: Universal Broker e agente de pod único (disponível apenas para pods no Microsoft Azure). Você coleta os recursos remotos juntos em uma atribuição de usuário final. O método de intermediação no âmbito do tenant que você seleciona e habilita para cada tipo de pod determina os tipos de atribuições de usuário final que podem ser criados.

Importante: Certifique-se de rever as seguintes informações neste tópico de documentação antes de continuar com o Selecionar um método de intermediação para atribuições de usuários finais. Como a sua seleção de intermediação se torna uma configuração no âmbito do tenant que não pode ser alterada, antes de fazer uma seleção permanente, é importante compreender como cada método de intermediação aplica-se aos seus casos de uso que envolvem tipos de pod e tipos de atribuição específicos.

Considerações ao selecionar um método de intermediação

Lembre-se dos pontos a seguir ao considerar o método de intermediação a ser selecionado para atribuições de usuário final de seus pods conectados à nuvem.

  • Em um ambiente híbrido que contém pods do Horizon e pods implantados no Microsoft Azure, cada tipo de pod pode ter seu próprio método de intermediação em todo o tenant.
  • Quando você seleciona um método de intermediação, este torna-se uma configuração permanente, irreversível e no âmbito do tenant para o tipo de pod especificado. Por exemplo, se você selecionar Universal Broker para seus pods do Horizon, Universal Broker se tornará o método de intermediação para todos os pods do Horizon na sua conta de tenant e não poderá ser alterado.
  • Se você selecionar Universal Broker como método de intermediação para pods do Horizon e pods no Microsoft Azure, cada atribuição de usuário final que você criar deverá consistir em áreas de trabalho VDI de apenas um tipo de pod. Por exemplo, você pode criar uma atribuição que consiste em áreas de trabalho que abrangem vários pods do Horizon ou uma atribuição que consiste em áreas de trabalho que abrangem vários pods no Microsoft Azure. No entanto, não é possível criar uma atribuição que consiste em uma área de trabalho que abrange uma combinação de pods do Horizon e pods no Microsoft Azure.
  • As opções de intermediação disponíveis para você dependem de uma combinação de fatores, incluindo o tipo de pod, a data da implantação do pod e se um método de intermediação foi selecionado anteriormente para outro tipo de pod. Para obter mais detalhes, consulte a tabela a seguir.
Estado da sua conta de tenant no momento da versão de julho de 2020 Opções de intermediação disponíveis para pods do Horizon Opções de intermediação disponíveis para pods no Microsoft Azure
Novo tenant aind sem pods implantados Universal Broker Universal Broker ou agente de pod único

Todos os seguintes:

  • Um ou mais pods do Horizon implantados, todos em estado monitorado
  • Nenhuma seleção de intermediação foi feita ainda para os pods do Horizon
  • Ainda não há pods implantados no Microsoft Azure
Universal Broker Universal Broker ou agente de pod único
Observação: Ambas as opções estarão disponíveis somente se você fizer a seleção de intermediação para pods no Microsoft Azure primeiro. Se você fizer uma seleção de intermediação para pods do Horizon primeiro, Universal Broker será automaticamente selecionado para pods no Microsoft Azure.

Todos os seguintes:

  • Um ou mais pods do Horizon implantados
  • Universal Broker selecionado e configurado para pods do Horizon
  • Ainda não há pods implantados no Microsoft Azure
Universal Broker já está selecionado Universal Broker é automaticamente selecionado
Já existem um ou mais pods implantados no Microsoft Azure Universal Broker O agente de pod único é selecionado automaticamente

Visão geral do Universal Broker

O Universal Broker, a mais recente tecnologia de intermediação com base na nuvem da VMware, está disponível para os seguintes tipos de pods conectados à nuvem:

  • Pods do Horizon
  • Pods implantados no Microsoft Azure com o manifesto da versão de julho de 2020 ou mais recente. O manifesto do pod que foi lançado em julho de 2020 é 2298.0.
    Observação: O Universal Broker só estará disponível se você tiver implantado todos os pods no Microsoft Azure no manifesto de pod 2298.0 ou posterior. Se você tiver implantado qualquer um dos pods no Microsoft Azure antes do manifesto de pod 2298.0, o Universal Broker não será uma opção de intermediação disponível, e a intermediação de pod único será usada como o padrão.

Quando você seleciona Universal Broker como o método de intermediação no âmbito do tenant para um determinado tipo de pod, pode criar os seguintes tipos de atribuições de usuário final:

  • Uma atribuição de várias nuvens que consiste em áreas de trabalho VDI de um ou mais pods do Horizon ou um ou mais pods no Microsoft Azure.
  • Uma atribuição de área de trabalho de sessão que consiste em áreas de trabalho baseadas em sessão dos hosts dos Serviços de Área de Trabalho Remota (RDS) da Microsoft em um único pod no Microsoft Azure
  • Uma atribuição de aplicativo que consiste em aplicativos provisionados por hosts RDS em pods no Microsoft Azure
  • Uma atribuição de aplicativos App Volumes que consiste em aplicativos App Volumes hospedados em áreas de trabalho VDI dentro de pods no Microsoft Azure

Para obter informações detalhadas sobre como os componentes do sistema da solução Universal Broker trabalham juntos para alocar recursos remotos aos usuários finais, consulte Arquitetura do sistema e componentes do Universal Broker.


Diagrama abrangente da arquitetura do sistema do Universal Broker

O Universal Broker oferece os seguintes recursos principais:

  • FQDN de conexão única para todos os recursos remotos

    Os usuários finais podem acessar atribuições de várias nuvens no seu ambiente através da conexão de um único nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) que você define nas definições de configuração do Universal Broker. Por meio do FQDN único do Universal Broker, os usuários podem acessar atribuições de qualquer pod participante do Horizon em qualquer site em seu ambiente. Não é necessária nenhuma rede interna entre os pods.


    Diagrama de conexão de FQDN único para o Horizon Universal Broker
  • Conectividade e conscientização do pod global para desempenho ideal

    O Universal Broker mantém a conectividade direta com cada pod participante de atribuições de várias nuvens e permanece ciente do status de disponibilidade de cada pod. Como resultado, o Universal Broker pode gerenciar solicitações de conexão e fornecer recursos virtuais para os usuários finais diretamente desses pods. Não há necessidade de GSLB (balanceamento de carga de servidor global) ou de qualquer comunicação de rede entre pods que possa resultar em problemas de desempenho e latência reduzidos.

  • Intermediação inteligente

    Mantendo o conhecimento de seus sites geográficos e topologia de pod, o Universal Broker pode entregar áreas de trabalho de atribuições de várias nuvens para usuários finais pela rota de rede mais curta.

Observação: Esta versão do Universal Broker tem algumas limitações de recursos conhecidas. Se o seu caso de uso exigir a implementação de um recurso ao qual o Universal Broker não dê suporte, você deverá usar o agente de pod único. Para obter mais informações, consulte Limitações conhecidas do Universal Broker.

Visão geral do intermediário de pod único

Também conhecido como intermediação legada ou clássica, o agente de pod único está disponível apenas para pods no Microsoft Azure nos seguintes casos:

  • Quando todos os pods no Microsoft Azure tiverem sido implantados no manifesto de pod 2298.0 ou posterior

    Nesse caso, você deverá selecionar explicitamente Agente de pod único na página de seleção do agente para usar esse método de intermediação clássica para todos os pods no Microsoft Azure implantados na sua conta de tenant.

  • Quando pelo menos um dos pods no Microsoft Azure tiver sido implantado antes do manifesto de pod 2298.0

    Nesse caso, você não tem a opção de selecionar um método de intermediação. O agente de pod único é usado por padrão como o método de intermediação implícito para todos os pods no Microsoft Azure implantados na sua conta de tenant.

Com a intermediação de pod único, você pode criar os seguintes tipos de atribuições de usuário final:

  • Uma atribuição de área de trabalho VDI que consiste em áreas de trabalho virtuais de um único pod no Microsoft Azure
  • Uma atribuição de área de trabalho de sessão que consiste em áreas de trabalho baseadas em sessão dos hosts dos Serviços de Área de Trabalho Remota (RDS) da Microsoft em um único pod no Microsoft Azure
  • Uma atribuição de aplicativos remotos que consiste em aplicativos provisionados por hosts RDS em pods no Microsoft Azure
  • Uma atribuição de aplicativos App Volumes que consiste em aplicativos App Volumes hospedados em áreas de trabalho VDI dentro de pods no Microsoft Azure

O agente de pod único oferece suporte a uma gama maior de recursos do Horizon que o Universal Broker. Para obter mais informações, consulte Limitações conhecidas do Universal Broker.